Medicine Bag

Mai-1

Medicine Bag
Medicine Pouch
Maí
(Bolsa de Medicina)

Para podermos falar um pouco sobre esse assunto, precisamos, antes de qualquer coisa, definir o que significa “medicina” neste contexto.
Para o homem branco, a palavra medicina remete a remédios, médicos, hospitais e semelhantes.
Já para os povos nativos, “medicina” é uma referência a tudo que envolve força espiritual, energia, mistérios ou poderes sobrenaturais.
Uma Medicine Bag (Bolsa de Medicina) é um item ancestral e sagrado que foi criada para que a representação da energia desejada pudesse estar sempre junto de seu portador, para representa-lo espiritualmente.
Nela costumam ser guardados objetos que transmitem essa energia e que tenham significado importante para o seu dono.

A essência desses objetos guardados na sua Bolsinha de Medicina, cria um campo de energia e essa energia o guiará, protegerá e o representará.

Ter uma Bolsinha de Medicina e usa-la perto do coração, fará uma conexão da energia dos objetos  com o seu Eu interior, com o seu Eu espiritual e estará lá para lembra-lo constantemente, de quem você realmente é.

É tradição dos povos nativo americanos, carregar consigo sua ‘medicine bag’ com itens que os aproximem do Grande Espírito, o Criador, com itens que os conectem com o seu animal de poder, seus guias ou aliados, com as energias da natureza.

É possível, inclusive, ter mais de uma Bolsinha de Medicina.
Se você trabalha com terapias, por exemplo, poderá ter uma dessas bolsinhas com algumas ervas que possam auxilia-lo em seus atendimentos, na formação de um Círculo Sagrado, num tratamento de cura.
Uma outra poderá lhe ajudar numa jornada de Busca de Visão, numa meditação.

Seria interessante que, após escolher os objetos que você deseja guardar dentro dela, você se sentasse calmamente e passasse cada um deles, pela fumaça produzida pela queima de ervas como a salvia ou o capim limão.
Muito importante que você trate cada objeto, como aquilo que eles realmente são: a representação de uma energia da natureza. Feito isso, você poderá coloca-los na sua bolsa de medicina.
Pense sobre cada um dos objetos que você guardou e o que eles significam pra você. Expresse seu agradecimento pela ajuda oferecida por eles e imagine uma troca de energia entre você e sua Bolsa de Medicina.
Deixe a energia vinda dela fluir sobre você e estabeleça uma conexão de gratidão com o Grande Espírito, o Criador.
Quando você terminar essa meditação, carregue sua Bolsa de Medicina sempre com você, de preferência pendurada ao pescoço ou fixada a um cinto. Os nativos acreditam que a energia produzida por ela será melhor aproveitada se a mesma estiver perto do seu corpo.
Se possível, durma com ela sob seu travesseiro.
De tempos em tempos você poderá sentir a necessidade de remover alguma coisa ou de adicionar um item novo à sua Bolsa de Medicina.

Anúncios

Cachorro

640px-canis_lupus_lycaon_qtl2_-bearbeitet

Dizer que o cachorro é o melhor amigo do homem, seria no mínimo redundante.
A verdade é que desde o tempo em que os índios viviam em paz no território americano, esses animais estavam sempre por perto.
É claro que naquele tempo eles não eram domesticados como os de hoje em dia, mas sempre houve um relacionamento próximo, de lealdade entre eles.
Os cachorros ajudavam os índios a caçar e eram excelentes vigias de seus acampamentos, dando alarme sempre que um fator de perigo se mostrava iminente.
Eram também uma preciosa fonte de calor que ajudava o povo nativo a enfrentar os rigores do inverno.
O cachorro parece saber ler nossos pensamentos, nossas emoções e está sempre apostos aos nossos comandos.
Não é sem motivos que ele se transformou em símbolo de fidelidade e companheirismo.
Um amor incondicional ao seu dono, que sabe entender perfeitamente nossos altos e baixos, nossas mudanças de humor e comportamento. Sabe superar nossas oscilações emocionais e está sempre disposto a nos perdoar e demonstrar seu amor e cuidado.
Existe uma grande sabedoria no comportamento desse animal e por isso associamos a energia mágica do cachorro à tomada de decisões. Sim, essa energia é de grande ajuda quando precisarmos enxergar com clareza uma determinada situação e decidirmos que caminho seguir.
O cachorro também nos alerta a sempre verificarmos se estamos sendo fiéis não apenas aos os outros, mas também a nós mesmos. Será que, no afã de agradarmos todo muindo, da necessidade de sermos aceitos em nosso meio, estamos nos afastando no nosso verdadeiro “eu”?
Estamos traindo nossos sonhos, nossos sentimentos, nossos propósitos?
Estamos traindo nossa própria confiança?
Até onde somos fiéis às nossas crenças, aos nossos valores?
Será que estamos nos deixando levar pela opinião alheia, pelo nosso comodismo?
Ou ainda, será que estamos traindo a confiança de alguém que realmente nos quer bem?
A energia mágica do cachorro, sua medicina, poderá nos ajudar a recuperar a lealdade em nossos relacionamentos, a a lealdade para conosco e ainda, a lealdade para com o todo, para com o bem maior.