Urso

321680-alexfas01

O Urso é um animal solitário e vive pacificamente.
Seus hábitos alimentares incluem um pouco de tudo: raízes, ervas, larvas, mariposas, frutas, peixes, carne, mel.
Ela passa 3/4 do ano acumulando gordura com a alimentação para sobreviver durante o inverno, período no qual procura uma caverna ou buraco para hibernar.
Durante os meses do inverno, em repouso total, até sua respiração e batimentos cardíacos diminuem para preservar energia.

Analisando esse comportamento, podemos dizer que a sabedoria do Urso reside na introspecção.
Podemos aprender com ele a absorver informações de diversas fontes diferentes, mas precisaremos de um período de introspecção, de meditação,para absorvermos o bom alimento para nossa alma.

Enquanto o Urso hiberna e sonha em sua caverna, está buscando respostas às suas questões e a solução de seus problemas e, ao encontra-las, ele renasce na primavera.

Todos nós temos a capacidade de aquietar nossa mente, penetrar no silêncio e buscar nossas respostas. Quando o fazemos, renascemos para a vida. Essa é outra faceta da sabedoria do Urso: Morte e Renascimento.

O Urso é o guardião do Oeste na “Roda de Cura” dos índios e assuntos como transformação, busca de sabedoria, cura, visões, estão conectados ao seu poder, nessa dimensão.

Se você procura seus verdadeiros objetivos, se deseja recuperar seu poder, conhecer melhor a si mesmo, filtrar todas as informações que recebe nessa vida, o Urso poderá lhe ser de grande ajuda. Siga seu exemplo e aquiete sua mente.

Águia

aguia-americana-8

Iniciando as postagens sobre os Animais de Poder e como eles podem nos ajudar, falarei sobre a Águia.

Observe o voo da Águia.
Ela plaina majestosa no firmamento, alcança alturas que nenhuma outra ave consegue chegar. Faz seus ninhos no topo das montanhas e tem uma visão aguçada e geral de toda a vida ao seu redor.

Para os povos nativo-americanos, a Águia reside no leste da “Roda de Cura”, onde nasce o Avô Sol com sua energia criativa, onde reside o Grande Espírito e por consequência, acreditam que ela é a mensageira do Criador para todas as criaturas.
Ela é a ponte de ligação entre o Pai Céu e a Mãe Terra.

A Águia nos fala de iluminação, de entendimento, de visão aguçada, de coragem, de poder pessoal.
Ela nos ensina a acreditar mais em nós mesmos para conseguirmos voar sempre mais alto.
Ela nos lembra de valores espirituais, de alimento para a alma, de conexão com o Sagrado.
Ela nos transmite coragem para vencermos nossos obstáculos, superarmos nossos medos e olharmos mais além.
Ela nos aponta a realidade e a percepção das coisas que importam de verdade nessa vida, livrando-nos das ilusões às quais muitas vezes nos deixamos envolver.

Se você busca coragem para romper com velhos hábitos, se busca superar seus medos, se procura equilíbrio, maior compreensão de tudo o que acontece em sua vida e, especialmente, se almeja maior conexão com o Divino, aproxime-se da Águia e respeitosamente solicite sua energia curadora.

O Poder de Cura dos Animais

nabolo-shamanic-journey-underworld

Na rica cultura dos povos nativo-americanos, os animais (seus costumes, comportamento e principais características) são uma grande e sagrada fonte de aprendizado. Eles podem nos transmitir muitas mensagens que nos ajudarão a viver em perfeita sintonia com a Mãe Terra e com todas as formas de vida existentes, honrando e reverenciando o Grande Mistério, criador de todas as coisas.

Cada animal é capaz de nos transmitir uma série de ensinamentos, mas existe sempre uma característica mais marcante, que a observação de uma pessoa especialmente atenta consegue captar.

Observarmos as lições que cada um deles pode nos ensinar, aumentará nosso ‘poder pessoal’, na medida em que nos propicia uma conexão maior com o Grande Mistério, nos trazendo assim, força, entendimento e equilíbrio. A perfeita harmonia com todo o Universo.

Nossas necessidades pessoais farão com que precisemos mais da ‘cura’ de alguns animais do que de outros. Esses serão nossos guias e nos ajudarão a trilhar em beleza, o bom caminho na Estrada Vermelha da vida.
Mas certamente, todos eles têm alguma mensagem especial para nós.

O mágico de tudo isso é que todos nós temos capacidade de desvendar esses ensinamentos, desde que tenhamos um coração humilde e receptivo para escutar o que eles têm a nos dizer.

Temos uma forte ligação com toda e qualquer forma de vida, pois somos feitos das mesmas substâncias.
“Mitakuye Oyasin” – Somos todos parentes.

Publicarei aqui, uma série de pequenos textos nos quais comentarei a ‘medicina de cura’ de alguns animais para que você possa buscar ajuda junto a eles e encontrar aqueles que poderão ser seus aliados.

Importante: Não escrevo para aqueles que se consideram sábios, profundos conhecedores de todas as tradições. Escrevo para o buscador que, assim como eu, prefere pensar e sentir cada ensinamento sozinho e encontrar seu verdadeiro ponto de equilíbrio.

Que “Wakan Tanka” ilumine sempre nossos caminhos.

Lourdes Azevedo

Pensamento da semana

“Os que dançam são considerados loucos por aqueles que não conseguem ouvir a música.”

Dreamcatcher Magia da Terra
Dreamcatcher
Magia da Terra

Dreamcatcher ou Filtro dos Sonhos
“Prize” – Ohiyapi na linguagem Dakota

Mais uma peça da loja Magia da Terra: www.elo7.com.br/magiadaterra

Totalmente artesanal, feito com cuidado e carinho, esse Dreamcatcher é composto por gravetos polidos e decorados com pintura, um filtro dos sonhos com 9 cm de diâmetro forrado com ráfia, penas naturais e contas coloridas.

Além de decorativa, a peça evoca a milenar tradição indígena de manter esse aliado em sua moradia e de presentear aqueles a quem se quer bem com esse poderoso objeto, para assegurar proteção, harmonia e bons sonhos.

IMPERDÍVEL – EFT – Emotional Freedom Technique – Você conhece?

EFT – UMA GRANDE ALIADA

O que é EFT?

A EFT, é uma técnica muito eficaz de acupressura capaz de promover nossa saúde física e emocional.
A visão holística defendida por terapeutas de diversas áreas, no mundo todo, é de que para obtermos saúde física, não podemos desconsiderar a saúde emocional. Mesmo que você siga à risca, dietas alimentares, faça exercícios físicos e tenha uma vida regrada, se você não cuidar de suas emoções, pensamentos e sentimentos, nunca será capaz de encontrar o tão almejado equilíbrio.

Como anda sua saúde emocional?
Você já sonhou, por exemplo, em realizar um projeto, mas alguma coisa dentro de você lhe impediu de tomar as atitudes necessárias para coloca-lo em prática? Já sentiu que alguma coisa dentro de você parecia minar sua energia e lhe fazer desanimar e desistir de sonhos, sem mesmo ter  tentado alcança-los? Você já se viu nessa situação? Já se perguntou por que essas coisas acontecem?
Em geral, acabamos nos convencendo de que esse sonho, esse projeto, não foi feito para nós ou ainda, acreditamos que a ‘hora certa’ para agir ainda não chegou e ficamos procrastinando nossas atitudes e desistimos de nossos sonhos.

Mas será que essa é a decisão correta a se tomar?
A EFT pode lhe dar essas respostas.
Mas como essa tal EFT funciona, afinal?

tapping-girl-eft-points
Essa técnica baseia-se nos mesmos meridianos de energia usados na acupuntura tradicional e milenar, com a vantagem de não precisar das agulhas invasivas. Ao invés disso, pequenas batidas feitas com seus próprios dedos, são usadas para enviar estímulos de energia aos meridianos específicos, enquanto você pensa sobre um determinado problema (como um evento traumático, um vício, uma dor, etc) e, em voz alta, repete afirmações positivas.

A combinação de batidinhas nos meridianos corretos e a repetição de afirmações positivas, trabalham para desobstruir os bloqueios emocionais do seu corpo e restaurar o seu equilíbrio físico e mental, essencial para devolver sua saúde.
Não é fantástico?
Ficou curioso(a)?
Quer conhecer mais sobre essa técnica incrível que você poderá aprender facilmente e aplicar a si mesmo(a)?

Não perca a série de vídeos que estão no ar por tempo limitado, do grande estudioso e representante da EFT no Brasil, André Lima.
Clique aqui  e descubra as maravilhas que a EFT poderão trazer à sua vida.

O Círculo

O Círculo

Definição Simples e Perfeita sobre o Aro/Círculo/Redondo

O Círculo provavelmente é o símbolo místico mais usado pelos índios americanos.

A Roda da Medicina (Roda Sagrada da Cura) como é chamada, é o Universo Total e pode ser entendido como o espelho em que a consciência do homem se reflete.
Para o índio americano, tudo no mundo é feito num círculo.
Alce Negro, um Homem Sagrado dos Sioux, Oglala explica:
“O Céu é redondo, e tenho ouvido falar que a Terra é redonda, como uma bola, igualmente a todas as estrelas. O vento em sua maior magnitude, dá voltas. As aves fazem seus ninhos em forma de um círculo, para eles é a mesma religião que a nossa. O Sol aparece e desaparece também em círculo, a Lua faz o mesmo, e ambos são redondos. Inclusive as estações do ano formam um grande círculo conforme trocam e sempre regressam novamente ao lugar que estavam. A vida do ser humano é um círculo de uma infância a outra, e assim é em todas as partes onde se move a energia. Nossas tendas eram redondas como os ninhos das aves, e estas eram colocadas em círculo, o aro da nação, um ninho de muitos ninhos, onde o Grande Espírito se propusera formar nossas crianças.”

peaceprayer

Arte e Ancestralidade

Muitas vezes as pessoas que entram em contato comigo através da loja no Elo7, acabam puxando um ou outro assunto e, quando vemos, estamos trocando altas ideias por e-mail.

Isso me dá uma satisfação muito grande, porque adoro conhecer quem se interessa pelo meu trabalho.
Percebo que, assim como eu, algumas pessoas ficam curiosas para saber quem é a pessoa que está lá, do outro lado, ou quem idealiza e produz as peças artesanais expostas na galeria de imagens. Foi pensando nisso, que resolvi falar um pouco sobre mim.

Sou paulistana, separada e sem filhos, mas crio quatro cachorrinhos recolhidos da rua e amo cada um deles 😉

A ideia de fazer Filtro dos Sonhos, aconteceu sem querer, quando uma amiga, companheira de um curso sobre Espiritualidade Feminina (Feminino Essencial), me disse que gostaria de ter um e perguntou se eu fazia. Bem, até então eu não havia me arriscado a fazer nenhum deles, mas disse que iria pesquisar e que teria muito prazer em fazer um para ela.

Saí à cata de informações e logo produzi minha primeira peça que essa amiga tem pendurada na parede do quarto dela😉

Essa experiência reacendeu uma chama que sempre queimou dentro de mim…
Sou descendente de índios (Sioux) por parte de pai e sempre amei a cultura desse povo.  Em casa tenho arco e flechas, uma zarabatana, chocalhos (entre outras coisas) e um Filtro dos Sonhos que comprei em Nova York, feito por índios Sioux de uma reserva e simplesmente amo essa peça.

Bem, depois desse empurrãozinho da Nyara (minha amiga de curso), o resto veio muito naturalmente.
Eu já conhecia o trabalho do Elo7, então resolvi criar coragem e montar uma loja nesse espaço.
Contava com poucas peças naquela época (há mais de 4 anos), mas uma vontade enorme de desenvolver cada vez mais meu trabalho.
Estudo e sempre estudei muito a cultura dos povos nativos norte-americanos e sul-americanos também, claro, e sempre aprendo muito com eles.
Desse conhecimento, busco elementos que completem de maneira mais significativa cada uma das minhas peças e na medida do possível, escolho nomes indígenas para  elas. Aliás, essa é uma grande paixão também, conhecer melhor essa linguagem singular. Mas já estou correndo atrás disso 😉

Atualmente estou morando em Campinas, interior de São Paulo, mas devo voltar para a capital em breve.
Aqui tenho meu próprio espaço e montei meu ateliê, simples, mas com um astral maravilhoso!!!

Trabalho vendo meus cachorros brincarem no quintal, ouvindo música inspiradora, sentindo o aroma delicioso de um incenso e curtindo cada etapa da confecção das peças.

Tenho muitos sonhos, evidente, e corro atrás de todos eles.

Por diversas vezes recebo um retorno de meus clientes, mencionando a energia boa que sentiram ao adquirirem meus trabalhos e isso me deixa completamente realizada.
Trabalho com amor, com muito carinho e respeito, não só pelo cliente, mas também pelas tradições de meus ancestrais.

Espero que você que vem me visitar, se sinta mais em casa agora, conversando com uma amiga que estará sempre disposta a lhe ouvir e atender.

Lourdes Azevedo
www.elo7.com.br/magiadaterra
magiadaterra@rocketmail.com

Filtro1

Sioux – Um Povo Especial

Um pouco sobre a história dos índios Sioux

Durante o processo de dominação da América do Norte, vários povos indígenas entraram em contato com os colonizadores franceses, espanhóis e ingleses. Entre uma infinidade de culturas instaladas naquela região, damos especial destaque aos índios sioux. A origem do termo tem a ver com a expressão serpente e era o termo costumeiramente utilizado pelas tribos inimigas que conheciam esta intrigante civilização, que se auto-intitulava como dakota.

A civilização Sioux (ou Dakota) é bastante diversificada, e ainda se subdivide em outros três grandes grupos: os Tétons, Yanktons e Santees. Dentro de cada uma dessas divisões temos a presença de uma infinidade de tribos entre as quais se destacavam os hunkpapas, os oglalas e brulés. Em geral as tribos pertencentes à civilização sioux se encontravam na atual região nordeste dos Estados Unidos, local marcado pelas pradarias e os rios da bacia do Missouri e do Mississipi.

As principais atividades econômicas dos sioux giravam em torno da agricultura, onde a plantação de milho possuía expressivo destaque. Além disso, realizavam atividades de caça a animais de grande porte como os búfalos e bisões. A caça desses animais envolvia uma grande preparação capaz de exigir a participação de aldeias inteiras. A carne obtida desse tipo de caça era dividia entre as famílias participantes, os ossos utilizados para o artesanato e fabricação de armas e o couro para a confecção de roupas e tendas.

Os sioux eram aliados dos índios chayennne e tinham os crow como seus mais tradicionais inimigos. Antes da chegada dos colonizadores espanhóis, essa civilização realizava constantes deslocamentos territoriais em busca das manadas selvagens de gado. Com o contato com os colonizadores espanhóis, os sioux passaram a utilizar o cavalo nas atividades de caça e, com isso, sofreram um processo de sedentarização. A partir de então puderam gastar mais tempo na realização de rituais religiosos e mágicos.

A Dança do Sol era um dos mais importantes rituais praticados pelos povos sioux. Nessa cerimônia havia um processo de autoflagelação em que os participantes cravavam estacas pontiagudas na pele, que ficavam presas a um poste de madeira através de uma tira de couro. Depois disso, ficavam várias horas do dia dançando em torno desse poste, até que a pele se desprendesse da estaca. Nesse momento, o ritual alcançava seu ponto máximo com o contato com os seres do mundo espiritual.

Depois do processo de independência dos Estados Unidos, os conflitos entre os colonizadores e os povos Sioux aumentaram significativamente. A resistência dessa grande civilização indígena se prolongou até o final do século XIX e marcou o processo de destruição das populações nativas da América do Norte. Atualmente, os remanescentes dos Sioux se reduzem a pequenas populações que vivem nos                 estados de Dakota do Norte e Dakota do Sul.

Por Rainer Sousa
Mestre em História

indios-sioux-chiefs